Conferências IF Farroupilha, Congresso e Seminário Mobrec 2018

Tamanho da fonte: 
O ENSINO DE GEOGRAFIA ATRAVÉS DO LIVRO DIDÁTICO: DA COLÔNIA A CONTEMPORANEIDADE
Airton Rosa Lucion Guites

Prédio: Clube Dores
Sala: Eixo II - 2a - Salão de Atos
Data: 07-06-2018 01:30  – 05:30
Última alteração: 03-06-2018

Resumo


Os livros didáticos são as principais fontes de conhecimento dentro do âmbito escolar no Brasil. Historicamente, os livros sempre desempenharam papel fundamental no processo de ensino-aprendizagem para as disciplinas escolares, incluindo a Geografia. No Brasil, o ensino de Geografia passou por diversas mudanças, desde o período colonial até a contemporaneidade, visando elucidar uma educação de qualidade a população e que, de certa forma, atendesse também os interesses políticos dos governos vigentes. A Geografia atinge seu patamar em território nacional quando o Colégio Pedro II sanciona a mesma como obrigatória, em 1837. A partir de então, têm-se uma diversidade de produções literárias para o ensino de Geografia no Brasil, atrelados a leis e decretos que normatizam os conteúdos a serem trabalhados em sala de aula e nos livros didáticos. Portanto, a presente pesquisa objetiva analisar a historiografia do ensino de Geografia no território nacional, durante os períodos da Colônia, Império e República, perpassando a produção de livros didáticos.


É necessário inscrever-se na conferência para visualizar os documentos.